24/03/2014

Depressão

É oficial, mais que oficial, estou com depressão há muito tempo, mas tenho fingido que não é nada comigo. Só que é, e impede-me de ser eu, de estar feliz, sinto-me sempre mal, cansada, triste, saturada, irascível, quase à beira da loucura. Há alturas em que tenho mesmo medo de mim própria, tão não é o desvario, medo de fazer alguma loucura, de magoar alguém, do que digo, do que não digo. Ela veio de mansinho, foi o fruto do que se passou num passado muito recente, e tem-se instalado à vontade, sem fazer barulho. A situação é propícia a isso, com a minha mãe velhota e com bastantes problemas com o Parkinson e surda que nem uma porta, sinto-me demasiado sozinha, demasiado triste, demasiado perdida. Este blog é muito importante, não é apenas um blog, é um local onde sinto que não estou sozinha, onde vejo que tenho pessoas que me lêem, que lamento não falarem comigo, nem comentarem o que escrevo, mas é uma janela aberta, com alguma luz desse lado. E é precisamente isso que procuro, mais luz para a minha vida, mais espaço para me sentir feliz, mais sorrisos, mais sentimentos positivos. Durante a vida quase toda, achei que não era digna de ser feliz, que o meu destino estava traçado, foram muitos anos muito difíceis. Mas Deus mostrou-me o quanto estava errada, e mostrou-me que o presente pode ser muito bom, basta vivê-lo. Por isso, amanhã, faço-me à caixa do anti depressivo. Ou não me chame Margarida Isabel.

6 comentários:

  1. Já é um primeiro passo, reconhecer que há de facto um problema. Agora é ir ao médico e tratar disso... Muita força :)

    ResponderEliminar
  2. Força! Tenta fazer coisas que realmente gostes. Comigo funcionou ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Minha querida, não te conheço, mas estou solidária contigo porque já passei pelo mesmo e estou na fase final de uma depressão que até mete nojo. Desculpa mas mete mesmo nojo! Pensa: a vida é demasiado curta para a estarmos a desperdiçar com uma treta duma depressão, que não nos deixa aproveitar os sorrisos, o sol, a vida que é uma dádiva!
    Deixa-te disso, já chega! Não achas?
    Força : ) Se eu consegui tu também consegues! E eu consegui sem anti depressivos ; )

    http://mundodamafy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Querida Mafalda, obrigada pela força. No meu caso acho que vai ter que meter comprimidos, mas nem me importo :))

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário!