06/12/2018

Regresso Natalício

Anos, durante vários anos não passei nenhum cartão ao blog, assim como se nem fosse meu. Muita gente me perguntou se não regressava, se estava tudo bem e eu respondia que não me apetecia escrever, que não tinha sequer tempo para o fazer. E continuo a não ter muito tempo, mas senti necessidade de escrever, desabafar, pôr cá para fora coisas que me vão na alma, partilhar coisas de beleza., e de como a matéria "beleza" se tornou algo muito importante, quase como um escape na minha vida, opiniões, enfim, as minhas coisas postas em palavras. Se vou ter algum sucesso e se me vão ler, não faço ideia, mas espero que sim, malta, venham! A propósito, estamos no natal, daqui a poucos dias lá vem o gajo de vermelho pela chaminé. Este ano vejo toda a gente animada, tudo tem feito árvores de natal muito giras, já quase tudo o que é gaja "instagramável e facebookiana" tem filhotes, o que torna a coisa ainda mais apelativa e divertida. E como por cá as coisas não estão fáceis (alguma vez estiveram??!), a mãe está mesmo doente, não há nenhum motivo de alegria assim visível, bora lá fazer com que a época seja o mais agradável possivel. Ou ao menos que seja um bocadinho agradável?  Ou menos desagradável do que é? Resumindo, vamos fazer valer a pena estarmos vivos? VAMOS! Gingó bels gingó bels...

#regresso #aversedura #natal #blog #vontade #faltadevontade #gato #random

06/09/2015

Garancia ♥

Como toda a gente já sabe, é de noite que a nossa pele se regenera, portanto, mesmo que seja oleosa, se já estivermos na idade de tudo começar a desabar (mesmo que não estejamos), devemos besuntar a cara de tudo o que deixa a pele macia, super hidratada, cheirosa ( se gostarmos) e pronta para enfrentar o dia seguinte. Existem óleos, séruns, e cremes que nos ajudam, nessa tarefa. Já sabia que a Garancia é uma marca que tem óptimos produtos e uma excelente relação qualidade/preço, mas tinha ali um creme de noite que ainda não tinha aberto e decidi que estava na hora. A embalagem tem 30 ml, o que é pena, pois gasta-se num instante, mas o creme foi uma novidade bastante boa. É um produto bastante bom, deixa a pele realmente hidratada, é bastante untuoso, e sabe Deus que quase aos 50 anos, tudo o que queremos é ter e pele untada. O cheiro é praticamente inexistente, é apenas um odor a fresco, que não incomoda (pelo menos a mim, rigorosamente, nada) e o creme, torna-se um produto incontornável para a pele madura. Uso-o depois de limpar a pele e colocar o sérum. O preço anda à volta dos 50 euros, o que, para um creme desta qualidade, não é muito. Vende-se na Sephora, amo, amo, amo!

27/07/2015

7 Anos

E, quase sem darmos conta, passaram 7 anos desde o dia em que nos conhecemos. E se há dias perfeitos? Há! Desde o dia em que nos conhecemos até hoje, no meio da vida imperfeita que todos temos, o nosso amor é perfeitíssimo. Porque é feito, acima de tudo de amor e compreensão, de amizade e entreajuda, de paixão e respeito um pelo outro. Claro que pelo meio houveram discussões, palavras menos boas, birras, e teimosias, mas não existe amor sem isso, aliás, o amor existe, porque mesmo com tudo isso se vai tornando cada dia mais forte. Mas sempre houveram momentos tão, tão bons que nos fizeram sempre seguir em frente, sempre com mais vontade, com mais paixão.
No fim de semana, o mundo conspirou a favor do nosso amor. Fomos a Leiria e de repente todas as crianças e mesmo adultos andavam com um coração vermelho em forma de balão, na mão, Os semáforos também tinham a luz vermelha em forma de coração, e a verde em forma de sorriso. No rádio passaram sempre músicas românticas, que fazem parte da nossa vida. E comemorámos, sem grandes alaridos, mas cada vez mais unidos e de forma especial mais um aniversário. O nosso, só nosso, sétimo. E desejámos que venham mais setenta. Amo-te P.







23/07/2015

Óculos de Sol

Raramente uso óculos de sol, embora me faça alguma falta. Porque motivo? Porque os óculos têm que ser graduados e raramente há modelos giros onde as lentes grossas fiquem bem. Entretanto vi alguns modelos e fiquei a babar. Quero tanto uns!








Qualquer um destes modelos é lindo. 

13/07/2015

A Rapariga No Comboio





Comprei-o por acaso, numa visita fugaz ao Continente, li-o primeiro devagar e depois compulsivamente e adorei. Para quem gosta de thrillers, é já um livro obrigatório. Cheio de emoção e surpresas, do princípio ao fim, é um óptimo livro de suspense, daqueles que valemesmo a pena ler.
 A-M-E-I!
#thriller #policial #paula hawkins #arapariganocomboio

09/07/2015

A idade do Verão

Chega o verão e com ele chegam os festivais de verão, as noitadas, as idas à praia ao fim de semana, as corridas à beira mar, os gelados ao fim do dia. E eu penso que se tivesse que ir a um festival de verão, dava-me uma coisinha má, com aquele pó e aquela barulheira infernal. E alguma vez tenho pachorra para ir apanhar vento, areia grossa e água gelada (na melhor das hipóteses) numa das praias aqui da zona? Nem pensar. E correr? Só se fosse noutra vida. Sendo assim, fico-me pelos gelados, não sou muito esquisita nesse campo.

30/06/2015

Passatempo no Facebook



Só para avisar que no facebook do Make&Tal se pode ganhar esta t-shirt. Está lá tudo explicado!

24/06/2015

Alisamento

Nunca na minha vida tinha sequer imaginado que faria isto, sempre tive o cabelo para o liso, com uns jeitos muito suaves e portanto, um alisamento era a última coisa que me passaria pela cabeça. Mas a verdade é que no último ano o meu cabelo mudou radicalmente, tornou-se seco, com bastante volume, difícil de domar e ultimamente só o conseguia usar apanhado ou com uma trança, o que me dava pena, pois gosto de me ver com o cabelo comprido e liso. Vai daí que a solução foi o alisamento, que me foi prometido que dura um ano. Se custa a fazer? Custa um bocadinho, o produto faz muito fumo, os olhos choram, a garganta arde, e estão-se ali umas 3 horas e meia com o cabelo a ser puxado e repuxado. Se é caro? É um pouco, embora se dura quase 1 ano, compensa perfeitamente, ainda por cima para mim, que não tenho a menor pachorra para estar no cabeleireiro. Se vale o esforço e o investimento? Completamente! O cabelo fica de tal forma liso, brilhante, sedoso, maleável, e bonito, sobretudo agora que é verão e está calor, que vale todos os cêntimos. Tenho que usar um shampoo e um creme específicos ( sem sal), e de resto é secar apenas com os dedos e um ferro de alisar, e no fim, passar a escova e enrolar um bocadinho. Perfeito!

23/06/2015

Palavrão, o alívio.

Nunca ouvi da boca dos meus pais um único palavrão, uma asneira, um simples "porra", portanto não é uma coisa hereditária, mas eu gosto imenso de dizer palavrões e asneiras. Se não os posso dizer em voz alta, pelo menos, senti-los é meio caminho andado. Aquele "fosga-se", dito em sussurro deixa-me um bocadinho mais calma e bastante mais aliviada. É claro que a coisa nunca fica por aí, à medida que o enervamento, a irritação, o mal estar da pessoa cresce, assim o palavrão também aumenta. O f***-s*, assim de mansinho já acalma a dor, agora imaginem o p***t*** que pariu este c***, f***-**e, o vai levar no c**, meu filho da p***! É o oásis do palavrão, o alívio da alma, a dor que insiste, mas que fica menos pesada. No fundo, o palavrão é um placebo, uma coisa que não tira a dor, mas que suaviza a vida, não serve rigorosamente para nada a não ser precisamente isso, aliviar. Eu sou feliz quando não tenho que os dizer ou pensar, mas sou definitivamente mais feliz se os disser e lavar a alma naquele momento. Se me considero mal educada? É óbvio que não, sou bastante bem educada, talvez por isso, o palavrão, a asneirola,  sirva de refúgio para a menina bem que às vezes se passa da marmita. É sinal que estamos vivas, não é minhas amigas?